BLOG

Por Jussara Dutra

corporate imageTenho visto a preocupação das empresas brasileiras de todos os portes e segmentos com a atração e a retenção de profissionais. O apagão de mão de obra especializada no País tem provocado uma disputa muito grande. O desafio das áreas de gestão de pessoas, hoje, está em despertar nos profissionais a vontade de trabalhar nas organizações e, como a oferta de trabalho aumentou, intensificou-se a dificuldade de engajá-los e torná-los, acima de tudo, fãs das marcas para as quais colaboram.

A falha das empresas está em não compreender que a sua reputação é diretamente ligada à escolha do profissional com a sua causa. A imagem que as empresas passam para o mercado é muito importante porque ela influencia o pensar, o agir e o sentir dos profissionais que nela atuam.

Na nossa carreira, assim como na nossa vida pessoal, sempre escolhemos nos conectar com aqueles que fazem parte do que acreditamos, que estão alinhados com os nossos valores. Todos, independentemente da geração de que fazemos parte, compartilhamos com família, amigos e comunidade o trabalho que realizamos. Então, não basta sabermos que os valores da nossa empresa condizem com os nossos; é preciso que ela mostre isso, para que nós, diante das pessoas com as quais nos relacionamos, possamos nos orgulhar.

Também é importante ressaltar que a reputação corporativa é criada de dentro para fora, e impacta os profissionais que estão à volta dessa organização, que olham e pensam: “Eu gostaria de fazer parte disso, de construir algo muito bom para minha carreira e também gostaria que essa empresa crescesse junto comigo.”

Sabe aquela época em que tínhamos missão, visão e valores impressos na parede que todos tinham de decorar? Há muito tempo isso não é mais suficiente. Hoje, mais do que nunca, é preciso que missão, visão e valores sejam percebidos nas relações e nas ações do dia a dia de tal forma que o mercado também perceba. Há algum tempo, saímos da era de muito falar e pouco fazer. Agora, todos querem ser protagonistas e fazer parte – então, quanto mais verdadeira e enraizada estiver nossa imagem, mais positiva ela será e mais engajados serão nossos colaboradores.


Jussara Dutra é gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional na desenvolvedora de software Senior – www.senior.com.br.