BLOG

Em 2013, o Brasil atingiu a 7º posição no PIB (Produto Interno Bruto) em serviços de Contact Center, segundo estudo apresentado por consultores independentes. Para acompanharmos essa evolução com uma gestão cada vez mais eficaz, devemos nos aprimorar a cada dia, buscar novas soluções e alternativas para garantir a satisfação de seu público, seja ele interno ou externo.

O mercado de Contact Center vem crescendo a cada ano e para 2015 as perspectivas são boas, principalmente quando se fala da regulamentação do serviço, investimentos de multinacionais estrangeiras, expansão de operações e novas frentes de trabalho, o importante é ressaltar que esse ano está repleto de oportunidades de empregos para a sociedade brasileira que hoje emprega 400 mil colaboradores no país.
Quem nunca trabalhou ou conhece alguém bem próximo que trabalha em alguma central de atendimento, seja de serviços relacionados a cobrança, SAC, Help Desk, Seguradoras, etc? A resposta não será diferente, todos nós conhecemos alguém, pois estamos falando de um mercado que mais recruta profissionais através de diversos segmentos.

As oportunidades são muitas, desde os jovens que buscam a primeira oportunidade no mercado de trabalho e, até mesmo, os mais experientes que procuram uma recolocação e contribuição para esse setor que não pára de crescer. É muito comum encontrarmos estudantes que utilizam essa oportunidade e fazem dela um trampolim para sua carreira profissional, para alguns, apenas uma experiência, para outros uma grande oportunidade de sucesso, pois muitos desses nem imaginavam que futuramente iriam seguir uma carreira no setor de Contact Center.

Com o passar do tempo e com a maturidade profissional, já se percebe algumas promoções internas, mesmo que horizontais, é a hora que alguns destes profissionais despertam para a oportunidade de investir na carreira e almejar cargos mais altos na verticalidade. Porém, sabemos que não é fácil se destacar dependendo do tamanho da operação em que trabalha e todos buscando apenas o mesmo objetivo, ascensão profissional.
É preciso ter perspectiva futura, bastante conhecimento e que seu trabalho seja executado com afinco, dedicação, comprometimento, espírito de liderança, criatividade e, principalmente, espírito inovador - essas são características de destaque para quem busca uma ascensão profissional no mercado de Contact Center.

 

*Ives González é Administrador, vem atuando a 13 anos no mercado de Contact Center possui MBA Gestão de Pessoas, MBA Gestão de Projetos e MBA Gestão Recursos Humanos, atualmente exerce a função de Gestor Operacional de Contact Center, possui certificações reconhecidas do HDI (Help Desk Institut), HDA (Help Desk Analyst Boot Camp), SCM (Support Center Management), ISO/IEC 20.000 Foundation, ITIL Foundation.