Revista SupportWorld Brasil

Home office no suporte: é viável ou não?

Redução de custos, aumento de efi ciência, satisfação dos funcionários e retenção de talentos são alguns dos benefícios que o modelo de trabalho home offi ce pode proporcionar para uma empresa. Para a área de suporte a clientes internos ou externos, a ideia de seu analista trabalhar em casa pode parecer distante da realidade, mas na reportagem de capa desta edição da SupportWorld Brasil, o repórter Tiago Martinelli mostra que há casos reais de sucesso no Brasil e aborda muitos pontos que ainda causam polêmica nas rodas de discussões dos gestores de TI em relação ao tema.

Na matéria, você vai entender quais são as necessidades de infraestrutura, os riscos jurídicos, os ganhos de produtividade, como escolher os profi ssionais adequados, os cuidados com a segurança da informação e muito mais, para se preparar para um modelo de trabalho que tende a conquistar cada vez mais adeptos.

{accesstext mode="level" level="registered:Registered"}
Para fazer o download, é necessário fazer o [ LOGIN ] no site ou se [ Cadastrar ]


|| {/accesstext}

Importante

Você não precisa se cadastrar novamente no site se você já é membro do HDI ou assinante da revista. Use o mesmo login e senha que você criou na primeira vez que fez o cadastro.

Precisa de ajuda? ou não sabe se já tem login no site? Ligue para: 11 3071-0906 ou envie um e-mail para: falecom@hdibrasil.com.br e peça ajuda com o seu problema.

Caso tenha certeza de que não possue nenhum cadastro no site, clique aqui para se cadastrar.

Login para download

Faça o login abaixo:

{chronoforms}login_revista{/chronoforms}

 

Esta edição traz também um bate-papo da jornalista Luciane Mediato com o CIO da EcoRodovias, Carlos Paavola. O executivo de uma das principais administradoras de rodovias do Brasil fala de seu estudo sobre as variáveis que impactam o sucesso de uma central de suporte insourcing.

Na entrevista, ao contrário do que possa parecer, Carlos não defende a opção deste modelo sobre o outsourcing, mas sim, tenta ilustrar quais os aspectos que devem ser analisados para se fazer a escolha do modelo correto para a sua empresa. E tão importante quanto isso, a matéria expõe a situação de uma empresa que efetivamente enxerga o seu centro de suporte como estratégico para a competitividade da organização, e não como uma operação de backoffice.

Nas próximas páginas você confere, entre os nossos diversos assuntos, o caso de sucesso do field support do McDonald´s. Você já parou para pensar na importância da TI para essa rede de restaurantes, que possui centenas de unidades espalhadas por todo o País? Um problema no sistema de registro de pedidos ou no computador do caixa pode impactar diretamente a perda de clientes e, automaticamente, a receita. Agora, imagine dar suporte para toda a infraestrutura que opera centenas de milhares de transações por dia?

É justamente sobre essa experiência que Fabio Pessoa da Fonseca, responsável pelo field support da maior rede franqueada do McDonald´s no Brasil, fala nessa edição da SupportWorld Brasil. O gestor explica a estrutura operacional criada para atender a esse ambiente extremamente crítico.

luiz couto EditorE para quem não teve a oportunidade de participar do maior evento de ITSM do Brasil e da América Latina, pode conferir a cobertura especial que fi zemos da Conferência & Expo Internacional HDI Brasil 2012, destacando, entre outras questões, os prêmios entregues aos melhores profi ssionais do ano na área de suporte, as empresas que receberam as certifi cações internacionais SCC e um mural de fotos do evento.

Boa leitura!